Connect Pessoas & Marcas 

Rua Amauri, 116 | Itaim Bibi | São Paulo | SP - 01448-000

  • Connect Pessoas & Marcas
  • Connect Pessoas & Marcas
  • Connect Pessoas & Marcas
  • Connect Pessoas & Marcas

Contrato feito

Gimdozelinobis

Ter Sucesso Virou Moda

Zangolbireve

prof.dr.DADO SCHNEIDER

O Prof. Dr. Dado Schneider é um palestrante eclético e experiente.

 

Pós-Graduado em Marketing pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e Mestre e Doutor em Comunicação pela PUC/RS.

 

Nos últimos 30 anos, foi professor da UFRGS, PUC/RS, ESPM, HSM EDUCAÇÃO e UNIVERSIDADE FERNANDO PESSOA (Porto, Portugal).

 

Ele trabalhou em grandes agências de publicidade (MPM, OGILVY, DM9, ESCALA, etc.) nos primeiros vinte anos de sua experiente carreira, iniciada em 1979. Nos 10 anos seguintes, foi executivo de marketing da CLARO e é o próprio criador desta marca. Além de Consultor de Comunicação para Vendas de grandes empresas nacionais e multinacionais.

 

Desde 2009, vem se consagrando como um dos mais requisitados palestrantes do Brasil, graças ao seu temperamento inovador: é o criador da Palestra Muda, onde utiliza uma linguagem revolucionária para atrair a atenção, além de ter dezenas de milhares de seguidores nas Redes Sociais.

 

Ele também escreveu “O mundo mudou... Bem na minha vez!”, um livro com linguagem inovadora e atual, todo formado por posts e tweets.

PALESTRAS

VONTADE DE MUDAR

Não estamos numa Era de Mudança somente: a mudança é a nossa Era. Hoje,  mudar não significa, necessariamente gostar do está acontecendo. Mudar, no século XXI, é entender o que está acontecendo para aceitar o que há.  Antes, as diferenças eram em termos de idade, hoje, são de mentalidade. 

 

VONTADE DE FAZER

Mais do que nunca, o mundo pertence aos realizadores, os  que fazem acontecer.  Numa época de muito papo, e lindas apresentações, fazer, é o mais importante. É preciso ter iniciativa, mas o mais importante é ter “acabativa”, também: entregar. O que mais precisa ser ensinado às novas gerações é perseverar para concluir.

 

VONTADE DE LIDERAR

Exercer autoridade, hoje, é muito mais difícil do que em um passado recente. Antes, a autoridade estava constituída, exercida por temor, hoje, é preciso conquistá-la.  O líder moderno não manda: ele comanda, manda junto, compondo, agregando. Não vivemos mais uma era de liderança por coação, mas de liderança por adesão. 

 

VONTADE DE VENDER

Vender é satisfazer, porque os clientes andam cada vez mais insatisfeitos. Os clientes sabem mais sobre o que querem comprar do que muito vendedor por aí. Os clientes querem ser orientados, logo, o vendedor deve ser orientador de compra. O segredo de uma boa venda, hoje, é o vendedor ser a fonte da informação. 

VONTADE DE ATENDER

Nível médio do atendente brasileiro é baixo, por muitas razões: escolaridade, salário etc. Trabalhar, hoje, é sentir gosto pelo que faz: quem gosta de servir, atende bem e se destaca. O grande diferencial de um bom profissional, hoje, é atender bem e satisfazer a todos. Não importa se é da porta-pra-dentro ou da porta-pra-fora: atender bem é uma obrigação. 

VONTADE DE COOPERAR

No século XXI, não há mais espaço para feudos departamentais ou egocentrismos;

As organizações mais sólidas são as que tem suas diversas áreas bem integradas. Trabalhar de forma cooperativa é a essência do trabalho moderno e mais produtivo. O profissional proativo coopera (maturidade não é questão de idade: é de mentalidade).

VONTADE DE COMPARTILHAR

A essência do século XXI é o trabalho em equipe, o individualismo está em baixa. O compartilhamento de informações e de experiências enriquece o dia-a-dia no trabalho. Quanto mais colegas se tornam “a fonte da informação”, mais o grupo cresce, e junto. Os novos líderes (de qualquer idade) compartilham seu conhecimento com seus liderados.

VONTADE DE INOVAR

Inovação não é a grande ideia guardada na gaveta: é uma boa ideia colocada em prática.  Inovar não é somente pensar de uma forma diferente, é também deixar que ajam assim. O pensamento crítico é o grande vilão da inovação: devemos evitar “frases assassinas”. A chave da inovação é o descondicionamento: ninguém condicionado consegue criar.

VONTADE DE APRENDER

Nunca houve tanta necessidade de se aprender e de se reciclar, em todas as gerações. Nunca houve uma geração mais nova com tanto conteúdo a ensinar para os mais velhos. Nunca houve tantas fontes de informação, formação e conhecimento, e de graça. Hoje, só não aprende quem não quiser: não há mais desculpas para desconhecimento.

VONTADE DE MOTIVAR

Motivação não é algo que vem “de fora”, como gritar ou cantar: isso é diversão coletiva.  Motivação é algo que vem de dentro: motivação é algo que “mexe” com as entranhas. Num período complexo como o que vivemos, somente os automotivados se superam. Não é qualquer líder que consegue motivar uma equipe: é gente que entende de gente.

Para contratar Dado Schneider, entre em contato com a Connect. 

ENVELOPE_ÍCONE.jpg